Header Ads

LightBlog

Nilza Rodrigues foi a mulher que traduziu a dor do '24 de novembro'

Mulher chora ao ver cortejo fúnebre de vítimas do 24 de Novembro Foto: Will Assunção/JUP

A morte de Nilza Rodrigues da Silva, 67, após uma mal súbito na tarde desta segunda-feira (24) chocou a população de Jussiape (BA). A mulher, que chora em uma foto emblemática que pertence à história recente do município, conseguiu traduzir a dor do sentimento da tragédia de 24 de Novembro, em 2012.

No registro do fotógrafo da Jussi Up Press Will Assunção, Nilza Rodrigues aparece chorando ao ver o cortejo fúnebre de Procópio Alencar, eleito prefeito nas eleições municipais de 2012, e da sua esposa Jandira Alencar, vítimas da tragédia em 2012, passar pela frente da sua casa, na Rua Joana Angélica, em Jussiape.

Na época da foto, Nilza Rodrigues disse ao repórter da Jussi Up Press que seu coração não aguentava tamanha tristeza diante de uma perda como aquela, se referindo ao líder político Procópio Alencar e a sua esposa Jandira Alencar.

Em junho deste ano, Nilza Rodrigues foi fotografada pelo mesmo fotógrafo da Jussi Up Press durante os preparativos dos festejos juninos, no centro da cidade, ao lado de um caldeirão com quentão, tradicional bebida junina servida ao público nas noites da festa.

Nilza Rodrigues durante os preparativos para os festejos juninos de Jussiape Foto: Will Assunção/JUP

Em um episódio da websérie Olhar Profundo, do Canal Fuzuê, que retrata o trágico evento, o fotógrafo Will Assunção explora o significado que a fotografia ganhou.