Header Ads

LightBlog

Morre Nilza Rodrigues, figura icônica da cultura popular que traduziu o sentimento de dor da tragédia de 24 de Novembro

Atualizada às 22h12

Nilza Rodrigues morre aos 67 anos Foto: Will Assunção/JUP

Morreu nesta segunda-feira (24), aos 67 anos, Nilza Rodrigues da Silva, que foi imortalizada em uma foto como a cidadã que traduziu o sentimento de dor da tragédia de 24 de Novembro, em Jussiape.

No registro do fotógrafo da Jussi Up Press Will Assunção, Nilza aparece chorando ao ver o cortejo fúnebre das vítimas da tragédia de 2012 passar pela frente da sua casa, na Rua Joana Angélica, em Jussiape.

Rodrigues morreu em Jussiape (BA) após um mal súbito na tarde desta segunda. A causa exata da morte ainda não foi divulgada pela família. No entanto segundo populares próximos a Nilza, é provável que ela tenha sofrido um infarto.

Na época da foto, Nilza Rodrigues disse ao repórter da Jussi Up Press, Will Assunção, que seu coração não aguentava tamanha tristeza diante de uma perda como aquela, se referindo ao líder político Procópio Alencar e a sua esposa Jandira Alencar.

Nilza também se tornou conhecida por ser considerada uma figura icônica dos festejos juninos de Jussiape. Por mais de vinte anos ela foi uma das principais responsáveis pelo preparo de pratos típicos servidos durante a festa de São João.

Em junho deste ano, Nilza Rodrigues foi fotografada pelo mesmo fotógrafo da Jussi Up Press durante os preparativos dos festejos juninos, no centro da cidade, ao lado de um caldeirão com quentão, tradicional bebida junina servida ao público nas noites da festa.

A família informou que o corpo de Nilza Rodrigues está sendo velado na sua residência, na Rua Joana Angélica, e o sepultamento será realizado na terça-feira (25), no Cemitério de Jussiape, após a chegada dos filhos de Nilza, que residem em São Paulo.