Header Ads

LightBlog

Homem que teve corpo incendiado pela filha em Jussiape morre em hospital

O homem que teve o corpo incendiado pela própria filha enquanto dormia, em Jussiape, morreu na segunda-feira (5). A vítima estava internada no Hospital Geral de Vitória da Conquista, no sudoeste do estado, e não resistiu aos ferimentos. A madrasta da adolescente de 14 anos também foi queimada, mas não chegou a dar entrada na unidade e passa bem.

O crime aconteceu no dia 22 de agosto. Depois de queimar o casal, a adolescente fugiu e matou a mãe a pedradas ao ser encontrada por ela. A agressora foi localizada por policiais ainda no dia que cometeu os crimes e segue sob custódia da polícia e do Conselho Tutelar.

Foto: Polícia Militar/Divulgação
De acordo com a Polícia Militar, familiares relataram que a adolescente enfrenta distúrbios mentais. Em depoimento, a vítima confessou os crimes.

CASO
Uma adolescente de 14 anos matou a mãe a pedradas e ateou fogo no pai e na madrasta em Jussiape. O caso ocorreu na segunda-feira (22), no povoado Paixão. O pai e a madrasta estavam dormindo quando foram incendiados com gasolina pela garota.

Após obter os relatos sobre o pai e madrasta da jovem, a PM seguiu para o povoado onde ocorreu o caso. No local, o avô paterno confirmou a violência e contou que a neta tinha fugido por uma região de matagal. Testemunhas acrescentaram que a mãe biológica da jovem saiu em busca dela.

A PM contou que recebeu informações de populares de um corpo encontrado na mata. No local, foi constatado que a vítima era a mãe da jovem procurada. Investigações preliminares apontam que a vítima encontrou a filha, que ambas entraram em luta corporal e que a jovem acertou a mãe a pedradas. O corpo dela foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Brumado (DPT).