Header Ads

LightBlog

Protesto pelo retorno da ‘Nega do Zofir’ marca Carnaval 2011 de Rio de Contas

A Nega do Zofir Foto: Will Assunção/JUP
A pedra vulcânica esculpida pelo artista plástico Zofir Oliveira Brasil (1926-1990) ainda não voltou ao seu lugar desde que foi derrubada em junho de 2010. Autoridades locais atribuem a remoção da escultura a vândalos.

Negro, nascido em uma família pobre de Ituaçu, na Bahia, Zofir Brasil criou uma obra de um humor cáustico com as sobras dos objetos que encontrava, como destaca o diretor de cinema Walter Salles, que rodou um de seus filmes na cidade secular.

A “Nega do Zofir” venceu o Concurso de Fantasias de Rio de Contas, em 2011, na categoria mais criativa, e desfilou em frente ao palco alternativo nesta terça-feira (8), manifestando o desejo de retorno do que é, talvez, o principal cartão postal de Rio de Contas. A obra de arte é considerada um dos ícones da cultural local.

Todos que admiravam a pedra esculpida uma negra fumando cachimbo na estrada ecológica, que liga Rio de Contas a Livramento de Nossa Senhora, sentem, agora, um enorme vazio ao perceber que a escultura não está no alto da Serra das Almas.